fbpx

Nutrição Viva

Nutrição Viva

Texto extraído do Blog ‘Mistura Viva’: http://misturaviva.blogspot.com.br/2012/07/nutricao-viva-por-kaelash-neels.html

E é o alto teor de enzimas na Nutrição Viva que a diferencia da nutrição baseada em alimentos crus.
Enzima é a substância produzida pelo organismo vivo que age como catalisador para provocar uma reação bioquímica específica. Enzimas aceleram as reações nas células. A maioria das enzimas é proteína que tem atividade biológica. Há 5.000 enzimas conhecidas pela ciência, mas muitas mais existem. Cada uma tem pH e temperatura perfeitos.
Você sabia que cerca de 80% da nossa energia é consumida na digestão dos alimentos? Se você ingere alimentos vivos têm mais energia, porque estes alimentos ricos em enzimas tiram a necessidade do corpo de gastá-la para produzi-las em si. Quanto maior o gasto de energia para digerir alimentos, menor será a energia para a função metabólica. A morte é sempre o resultado da deficiência das enzimas metabólicas.

Enzimas aumentam os nossos níveis de energia, o que equivale à maior capacidade de combater as doenças; elas também ajudam a reduzir a inflamação e acelerar a cura.
O que você pode fazer para apoiar o corpo na produção de mais enzimas metabólicas? Restringir suas calorias comendo alimentos vivos.
O estudo mais conceituado hoje para a saúde é a restrição calórica, o que resulta em longevidade e saúde em geral. Recomenda-se a desintoxicação do corpo de três a quatro vezes por ano e o aumento da ingestão de enzimas.
Então, vamos voltar a olhar para a diferença entre uma alimentação viva e uma alimentação crua. Castanhas e sementes secas são exemplos de alimentos crus que contêm apenas uma pequena parte de enzimas e, portanto, são relativamente difíceis de digerir, mas elas têm o potencial de se transformar em um alimento vivo. Como? Por hidratação e germinação que ativam as enzimas existentes nelas. Podemos até aumentar suas digestão e energia ao liquidificá-las e fermentá-las. Estas são técnicas comuns no Estilo de Vida da Nutrição Viva. O que nos leva a pensar: existem enzimas nos alimentos cozidos? Não, pois no processo de cozimento todas as enzimas e uma grande parte dos outros nutrientes dos alimentos são destruídos.
Viva
Crua
Cozida
Muitas Enzimas Poucas Enzimas Sem Enzimas
Proteínas de fácil assimilação Proteínas de difícil assimilação Proteínas são alteradas
Muita Água Pouca Água Quantidade de Água varia
Muitos Minerais Alguns Minerais Minerais menos disponíveis
Muitas Vitaminas Algumas Vitaminas Quase nenhuma Vitamina
Benefícios da Nutrição Viva
  • Aumento da Energia
  • Saúde Vibrante
  • Rejuvenescimento
  • Peso Equilibrado
  • Saciedade
  • Sistema Imunológico Fortalecido
  • Pode prevenir e curar:
  • doenças cardíacas
  • doenças digestivas
  • diabetes
  • câncer
  • osteoporose
Os Alimentos Básicos do Estilo de Vida da Nutrição Viva
  • Frutas e Verduras frescas
  • Vitaminas Verdes (sem leite e sem açúcar!)
  • Sucos Verdes
  • Sopa Energética
  • Castanhas e Sementes Germinadas
  • Alimentos Fermentados (Iogurte de Sementes e Chucrute)
Alguns Componentes Básicos do Estilo de Vida da Nutrição Viva
  • Alimentação
  • Exercícios
  • Respiração
  • Relaxamento
  • Cultivo de Brotos e Germinados
  • Desintoxicação
“SE VOCÊ SE RECONECTA COM A NATUREZA, SEU CORPO IRÁ CUIDAR DE SI MESMO”.